06/01/2020

Por dentro da Vila St. Gallen, espaço da Therezópolis, e as cervejas novidades da marca para 2020

Uma placa feita em estilo veneziano te recebe logo de cara na Vila St. Gallen, espaço dedicado a inspirar sensações mil da Therezópolis, cerveja que carrega no nome a cidade que a abriga. Entrar na Vila St. Gallen é mergulhar num universo no qual a cultura cervejeira está inserida em cada um dos ambientes gastronômicos pensados para impactar o visitante.

Não por acaso, são três as propostas de restaurante. No primeiro prédio, estão a Trattoria, voltada para a culinária italiana com uma arquitetura que recupera o charme do início do século passado, e a Abadia, instalada no andar superior com ares de clima de montanha e que oferece fondues harmonizados com as cervejas da marca.

O térreo do galpão da Vila St. Gallen abriga o Therezópolis PUB, cujo lugar pulsa costumes germânicos, seja no cardápio típico, seja nas lojas de souvenir e café.

Os pratos oferecidos conferem uma degustação de sabores complementados por chopes da Cervejaria Sankt Gallen. São seis fixos: Premium Lager, Weissebier, Witbier, India Pale Ale (IPA), Dunkel e Bock. Há também os chopes sazonais orquestrados por Tommaso Di Martino, cervejeiro da marca. O portfólio da empresa ainda conta com mais duas receitas comercializadas em garrafa: uma American Pale Ale (APA) e uma Belgian Tripel.

 

 

Adentrei o Biergaten com a Gold, Premium Lager que ficou famosa ao levar a medalha de ouro na categoria Light Lager na Copa Cervezas de América 2014 e a prata no Festival Brasileiro da Cerveja 2014. A receita tem sua gênese lá na Dinamarca e acomoda equilibradamente o mais puro malte Pilsen e três diferentes tipos de lúpulos, que irradiam frescor. A cerveja é dourada clara, leve e bem carbonatada, como o perfil sensorial do estilo promete. Esta alta carbonatação faz vibrar uma sensação de borbulhamento na língua.

 

 

A minha costela com molho barbecue de cerveja teve a companhia da Dunkel, rótulo com quatro tipos de maltes tostados. De coloração marrom escuro, tem perfume e sabor fortes de café e chocolate e um corpo denso que envolve a língua. Quando coordenado com a Dunkel, o defumado da carne ganha sabor acentuado por conta da semelhança com a tosta do malte da bebida. Além disso, as suaves notas doces da cerveja, provenientes do malte Munique, contrabalançam com habilidade o salgado da costela.

 

 

 

Bier tour

Pense em uma viagem à história da Cervejaria Sankt Gallen, passando por uma exposição dos ingredientes e etapas de fabricação de cerveja artesanal e terminando com uma degustação de cinco excelentes rótulos da Therezópolis harmonizados com aperitivos e chocolate.

É o bier tour da Sankt Gallen, que acontece no laboratório cervejeiro alocado no térreo do PUB Alemão.

 

 

Os participantes têm acesso a equipamentos similares aos da fábrica. O beersommelier da marca Lucas dá assertivas explicações técnicas dos ingredientes e de cada aparelho que fazem a magia brotar e acontecer até chegar às garrafas e aos barris de chopes.

 

 

Para finalizar, teve bastante aroma, sabor e surpresa em uma mini degustação de cinco receitas da marca Therezópolis harmonizadas com amendoim, azeitona preta, queijos prato e gorgonzola e chocolate.

Os encontros são de titãs: a Gold Premium Lager com amendoim, a Weissbier com azeitona preta, a Bock com queijo prato, a IPA com queijo gorgonzola e a Dunkel com chocolate.

 

 

Um ponto alto da experiência foi a harmonização entre a Bock e o queijo prato. Uma mordida no queijo e a língua treme diante da cerveja. Atração magnética. O estilo da escola alemã Bock é robusto e encorpado, e apresenta dulçor de distinta qualidade proveniente do malte, além de baixo amargor. O conjunto abraça o queijo prato e performa na boca uma complementação perfeita como a conhecida dupla queijo com goiabada. Arrancou suspiros.

 

A proposta do bier tour não poderia ser mais adequada para uma empresa que se compromete com a disseminação da cultura cervejeira, anunciada da placa que se vê da rua à aba de menu exclusiva no site. A fim de conquistar mais consumidores de rótulos artesanais, que tem como principal lema “beba menos e beba melhor”, a marca conecta o consumidor às cervejas puro malte por meio de narrativas que vão da ambientação dos restaurantes às experiências sensoriais e ao excelente atendimento de toda a equipe.

 

Novas cervejas para 2020

E como começo de ano combina com novidades, o mestre-cervejeiro da Therezópolis Tommaso Di Martino contou para o Malte & Esmalte quais são as receitas que passarão a fazer parte do portfólio da marca.

“Para a Tripel, a inspiração foi a nossa Tripel Therezópolis Diamant, retirada de linha por ser bem polêmica. Porém, nada me tirava da cabeça que eu deveria mudar a receita e apresentar novamente essa cerveja. E como eu ainda tinha um tanque disponível na Vila St. Gallen, resolvi pôr em prática a ideia de uma forma diferente, adicionando morango para dar um toque especial e sem a expectativa de lançá-la em nossa linha de garrafas. A princípio, seria apenas para o Mondial de La Bière Rio, mas o sucesso foi tão grande que resolvi refazer para ser servido nas torneiras da Vila”, me diz.

“Já a NE IPA (também conhecida como Juicy IPA), que será apresentada em seguida na Vila St. Gallen, é uma cerveja que já faz tempo que eu tenho vontade de desenvolver. Sou fã de IPAs em geral e uma NE faz falta em nosso portfólio, então resolvi fazer e caso seja bem aceita vou levar para os festivais durante 2020. E quem sabe lançar envasada também? Vamos ver as cenas dos próximos capítulos”, finalizou com risos muito bem-vindos.

Aguardamos ansiosos. Vida longa à Cervejaria Sankt Gallen!

 

SERVIÇO

Trattoria:

Sextas-feiras: das 19h à 00h

Sábados: das 12h à 00h30

Domingos: das 12h às 18h

Feriados: Horários sob consulta

 

Abadia:

(Temporada de abril a agosto de 2020)

Sextas-feiras e Sábados das 19h à 00h

Feriados: horários sob consulta

É necessário fazer reserva

 

PUB Alemão:

Quartas e quintas-feiras: 19h à 00h

Sextas-feiras e Sábados: 12h à 00h30

Domingos: 12h às 18h

Feriados: Horários sob consulta

 

Bier Tour

Sextas-feiras:  15h e 19h30

Sábados: 13h, 15h, 17h30 e 19h30

Domingos: 12h30 e 14h30


Tags: , , , , , , , , , , , , ,


Posts relacionados:

Juicy IPA da cervejaria Dr. Otto dá um match de tocar o terror com Frankenstein

Para a combinação unha + cerveja da semana, escolhi uma paleta aconchegante que recebe, acolhe e redefine o tempo que, dentro de casa, passa mais devagar do que lá fora.

Classic Blue: a cor de 2020 se exibe na nova cerveja do Pavão Azul, boteco badalado do Rio de Janeiro, e nas unhas

“Clássico é clássico” – e vice-versa, e nesta foto vemos dois: o Pavão Azul, boteco mais badalado de Copacabana, quiçá do Rio de Janeiro, que faz sucesso pela informalidade carioquês e as suas pataniscas, essas esféricas crocantes de bacalhau que tão bem refletem, no sol da calçada, a alma portuguesa de um botequim de raça […]

Harmonização cerveja com charuto

Selfie-se quem puder: harmonização de cerveja com charuto

Uma experiência sensorial que orna sabores da Amazônia e de Cuba. Será que dá? Basta conhecer esta harmonização para constatar que sim. Além de ser das mais divertidas para fazer, combinar cerveja e charuto é um baita desafio com recompensa certa & deliciosa para quem arrisca (o que eu bem acho que você deveria, btw).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.