27/03/2019

Tour Cervejeiro da Bohemia: fizemos e contamos tudo

O Malte & Esmalte foi convidado pela Cervejaria Bohemia para realizar o tour cervejeiro da marca! A cervejaria fica localizada bem no Centro de Petrópolis, a região mais movimentada da cidade imperial. Fundada em 1853 e rebatizada de “Bohemia” em 1898, a fábrica faz parte da história de Petrópolis, sendo impossível desassociá-la da trajetória da primeira cidade planejada do Brasil.

 

O ingresso dá direito a um brinde na loja da Bohemia no final do tour. Fica o conselho: guarde-o! rs

 

A experiência do tour começa com a degustação da Pilsen, logo na entrada.

 

 

Em seguida, o grupo é levado até o andar superior, onde tem uma verdadeira aula sobre a história da cerveja. Com o apoio de material tecnológico modernoso, o (a) guia mergulha os participantes na narrativa cronológica do nosso querido pão líquido, passando pela descoberta da cerveja na Antiguidade, a expansão da bebida pelos monges nos mosteiros, a descoberta do lúpulo pela freira beneditina Hildegard von Bingen (uma santa, literalmente!) na Idade Média e a introdução de inventos hiper importantes para a desenvolvimento  da produção cervejeira, como a refrigeração artificial e máquina a vapor, na Era Moderna.

Estou comentando muito en passant para não estragar as surpresas que o tour proporciona. Pois não basta ler, tem que experimentar, né?

 

 

 

A próxima etapa é o “Mundo da Cerveja”.  As paredes do espaço são ocupadas por murais ilustrativos que contam a evolução da breja no planeta.  E, de bônus, há equipamentos  originais, como lavadora de garrafas e chopeira, que aproximam o visitante do tempo de outrora da birra.

 

Crédito: Cervejaria Bohemia

 

Prosseguindo com o roteiro, desembarcamos em uma sala ampla e clara com totens de imagens antigas de Petrópolis (sabia que a cidade já teve praia feita com areia de Copacabana? Juro! Não é fake news!) e murais de pedras que reproduzem símbolos importantes da história da cerveja (monges, brinde e estrela de seis pontas). A história de amor da Bohemia com a cerveja também é contada por meio de imagens. Em 1863, a cervejaria passa de Henrique Leiden, seu fundador, para Henrique Kremer, responsável pela expansão da fábrica de maneira bem inovadora. Quer saber como? Só fazendo o tour!

 

 

A segunda parte do tour é focada nos ingredientes da cerveja e tem experiências sensoriais bem interessantes para o aprofundamento dos interessados por cerveza.

A Bohemia deixa de lado o conceito da cerveja como produto industrial ao incluir a criatividade humana nas matérias-primas da bebida, o que faz parte do movimento da redescoberta da cerveja como produto artesanal (querendo se aprofundar sobre o assunto, é legal ler sobre o Renascimento da Cerveja Artesanal).

 

 

Nos espaços seguintes, a água (sabia que ela corresponde a 90% da composição da cerveja?), o lúpulo, o malte e a levedura são apresentados com análises dos sentidos.

 

Crédito: Cervejaria Bohemia / Divulgação

 

Cereais para degustação

Com o microscópio, é possível ver as leveduras (tem as de baixa e alta fermentação) e, ao lado, sentir o aroma. Sussa!

 

Nos potinhos há lúpulos americanos e europeus para sentirmos os aromas

 

Dali, partimos para o processo de fabricação. Algumas etapas (mostura, resfriamento, fermentação, maturação e filtragem) são expostas através de equipamentos, vídeos e murais com as informações mais relevantes. A explicação hiper didática do guia fecha o pacote como uma experiência bem sussa.

 

Tinas de mostura (mosto = água cervejeira e malte)

 

Aqui, uma parada com alto teor de valor para a degustação da Weiss.

 

Fechando com chave de ouro, entramos no mundo mágico das Ales e Lagers, totalmente instagramável. Cada família tem um painel com os estilos que a compõem. Mais uma vez, o guia deu uma aula sobre baixa e alta fermentações, o que, basicamente, diferencia as Ales das Lagers.

 

 

Adicionando mais uma dose de felicidade ao final, aconteceu a degustação da Confraria, último rótulo criado pela Bohemia. Trata-se de uma Belgium Blonde Ale de coloração âmbar claro e 6,4% de teor alcoólico. Cheers!

 

 

Que experiência!

 

Carimbe o seu passaporte e embarque nesta viagem!

 

Serviço:

Duração: 1h30.

Horário de funcionamento:

De terça a quinta das 12h às 17h
Sextas, domingos e feriados das 10h às 17h
Sábados das 10h às 18h

Endereço:

Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro – Petrópolis/RJ.

Valor:

Inteira: R$39 / Meia-entrada: R$19.

A cervejaria possui uma política diferenciada para grupos acima de 15 pessoas. Para informações, é só entrar em contato com o comercial: gustavo.nicolay@ambev.com.br / (24) 2020-9064.

Menores de 18 anos não pagam. Porém, só podem realizar a visita com os responsáveis legais.

 

Outras infos:

É possível fazer o tour em inglês ou espanhol para turistas gringos. Sendo o caso, é preciso informar com alguns dias de antecedência.

Não é necessário fazer agendamento prévio. O ingresso pode ser adquirido pelo site da Bohemia (www.bohemia.com.br) ou na recepção do tour.

Toda a experiência é acessível para portadores de mobilidade reduzida. Caso precise, a cervejaria disponibiliza cadeira de rodas sem cobrar a mais pelo serviço.


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Posts relacionados:

Cerveja Imperial IPA bem amarguinha + nail art simples e chic: é nítido que brilhou!

Uma mulher com pérolas, unhas feitas e uma IPA bem lupulada não quer guerra com ninguém! E de IPA bem lupulada, estou falando de beeem lupulada mesmo!

Sete bares do Rio que têm o nosso crush absoluto para você comemorar o Dia dos Solteiros nesta quinta

As definições de solteirice foram atualizadas! Aqui no M&E nós valorizamos o status pelo o que ele representa de fato: independência emocional, liberdade e felicidade – até quando bate a solidão. Veja abaixo uma lista chiquíssima de bares no Rio de Janeiro para você comemorar o seu caso sério consigo mesma:

Sinal verde para a harmonização da cerveja Ciumenta com esmalte menta

A Cervejaria Seresta estava namorando quando fez esta Weiss, e nutria ciúmes profundos, a ponto de batizar sua cria de Ciumenta Weiss.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.