10/04/2018

Um passeio pelo Velho Oeste: a tendência western volta à moda e dita o dress code das cowgirls do asfalto. Veja também que cerveja artesanal laçar para completar o mood!

Trazemos as novas: a inspiração do momento para o seu look urbano vem diretamente dos filmes de bangue-bangue. O enredo começou com o primeiro desfile de Raf Simons para a Calvin Klein, há um ano, quando o estilista elegeu uma versão color blocking de uma camisa à la Velho Oeste para abrir o show, com direito a botas de caubói arrematando o visual.

 

Calvin Klein verão 2018 (Foto: David Sims, Letty Schmiterlow, Archive Photos Getty Images, Imaxtree, Divulgação e Reprodução)

 

Desde então, a história seguiu o roteiro: várias grifes internacionais injetaram um perfume western em suas coleções. Enquanto a camisa foi reeditada em cetim no verão 2018 da marca americana, um trench coat de couro ganhou bordados turquesa na Céline.

 

Céline Verão 2018 (Foto: Divulgação e Reprodução)

 

Em Milão, a label Alberta Ferretti decidiu marcar a cintura de calças, casacos, camisas e vestidos com cintos de inspiração western e abusou de botas de cano alto e chapéu, mostrando ser possível encarnar a cowgirl de uma maneira sofisticada.

 

Alberta Ferretti / Inverno-2019

Alberta Ferretti / Inverno-2019

Alberta Ferretti / Inverno-2019

 

A Philosophy di Lorenzo Serafini também apostou todas as fichas no western. A abordagem da marca mais jovem do grupo de Alberta Ferretti foi superfresh. O estilista mesclou rendas e babados com couro, tons pastel com preto e franjas com tricôs, sempre deixando a cintura marcada e as pernas de fora.

 

 

O western retornou à moda em versões que olham para o uniforme dos heróis dos filmes de faroeste, agradando em cheio as mocinhas. Mas aqui não vale encarnar a mocinha frágil do saloon. É a alfaiataria a protagonista do novo western, como ensinou Julia Hobbs, editora de moda da Vogue inglesa: “O mood western da vez é polido – o que significa usar suas botas de vaqueiro com alfaiataria”. Alfaiataria com bota, saia de couro e jeans bordados ditam o estilo da vez, que é superfeminino. As personagens vividas por atrizes como Claudia Cardinale e Maureen O’Hara podem ser as inspirações!

 

Claudia Cardinale em “O Mundo do Circo”(1964). Ao lado, Maureen O’Hara em “A Lei do Chicote” (1952) (Foto: David Sims, Letty Schmiterlow, Archive Photos Getty Images, Imaxtree, Divulgação e Reprodução)

 

A base da roupa não precisa ser country, pode ser de outro universo e você vai colocando detalhes country, como cinto, botas e acessórios. Você pode fazer algo romântico com uma camisa branca (item que toda mulher tem-que-ter no armário), com outra peça com motivos rupestres, gravata (elemento country, sabia?) e cinto com fivela de caubói, por exemplo.

 

Foto: Marie Claire / Reprodução

 

Porém, o que realmente te consagrará como uma cowgirl do asfalto é a bota country! Ele é capaz de tirar qualquer look da mesmice, com uma produção meio folk. Você pode usar junto e misturado com jaquetas com aplicações, bolsas com franjas ou pode usar em doses homeopáticas, desconstruir a tendência para não ficar caricata, o que é mais aconselhável para mostrar informação de moda.

 

Alessandra Ambrósio (Foto: Instagram /Reprodução)

Foto: Imaxtree

 

Meu lúpulo será sua herança

 

Para harmonizar com essa tendência country, nada melhor que as cervejas da Juan Caloto, cervejaria que tem o Velho Oeste como inspiração para os seus rótulos.

Para matar a sede antes de um duelo ao meio-dia, sugerimos a “Mi Nombre És Vinganza”, uma Double Juicy IPA produzida com os lúpulos Galaxy, Equinox e Citra. Possui um aroma intenso (81 IBUs) de frutas amarelas, com amargor extremamente saboroso, suave acidez e corpo aveludado. O teor alcóolico é de 8,6% ABV.

 

 

Outra opção é a “Jack Burton Atira Y Despues Pergunta”, uma English Pale Ale com base robusta de malte, típica da escola inglesa. Com 5,4% ABV, essa cerveja traz o dulçor nos aromas de biscoito e caramelo bastante equilibrado com lúpulos terrosos. A adição de Maple dá um toque amadeirado único.

 

 

Essas cervejas com certeza fariam sucesso nos tempos das diligências. Tá esperando o quê para correr pro saloon mais próximo?

 

Fontes: Glamour Brasil, Marie Claire Brasil e Vogue Brasil


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Posts relacionados:

Dê um descanso para os seus pés: aposte em looks de trabalho com seu tênis de academia

Vocês têm um look clássico de trabalho? O meu geralmente é arrumadinho despojado, casando o dress code definido da empresa com o meu próprio estilo. Mas SEMPRE é confortável – nada aperta, pinica, incomoda… aliás, na vida, porque não sou obrigada!

Tendência cowboy: o inverno será um verdadeiro duelo de bangue-bangue

Bem-vindo, Inverno! ❄ Hoje, às 7h07, foi dada a largada para os looks invernais! O mood western vai dominar a estação, em versões minimalistas, como a minha (o ponto está na bota com calça gaúcho – ajustada na cintura e ampla nas pernas – e top sequinho), ou em versões mais glamourosas, com direito a camisas westerns […]

Com que cor eu vou? A importância das cores na composição de uma imagem segura e positiva

Aparência descansada, traços valorizados e uma imagem positiva e confiante. Já pensou que o segredo para alcançar estas qualidades é o uso das cores certas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *