29/12/2017

Nem só de Blumenau vive o Vale da Cerveja: conheça as Cervejarias ZeHn Bier e Berghain no Vale Europeu

E para fechar bem 2017, o Malte & Esmalte publica o seu último post da série que fizemos sobre a nossa viagem pelo Vale da Cerveja, em Santa Catarina. E não pense que as cervejarias catarinenses se concentram apenas em Blumenau. Cada cidadezinha que você passa tem uma ou mais cervejarias. Cientes disso, decidimos pegar a estrada!

Nossa primeira parada foi em Brusque, cidade que fica a pouco mais de 40 km de Blumenau. Pegamos um ônibus na rodoviária e fomos. A viagem é de aproximadamente 1 hora, 1 hora e 15 minutos. Nosso destino? ZeHn Bier!

 

 

A cervejaria ZeHn Bier foi fundada em 2003. O nome ZeHn, que se pronuncia “TZEHN”, em alemão significa o número 10, que deu origem à logo. A fabricação do chopp e das cervejas ZeHn Bier seguem as tradições germânicas e respeitam a lei de pureza alemã de 1516 (Reinheitsgebot).

Fomos muito bem recebidos pelo Seu Gilmar, cervejeiro experiente e bom contador de histórias, que fez um tour exclusivo com a gente. Ele nos mostrou todo o processo de fabricação e foi nos dando uma provinha, direto do tanque, de cada cerveja que estava sendo produzida. Segundo Gilmar, a produção mensal da ZeHn Bier varia entre 30 e 40 mil litros.

 

 

 

Difícil dizer qual a melhor cerveja. Todas de excelente qualidade. Experimentamos a Pilsen, a Pilsen Extra, a Weiss, a Heller Bock, a IPA, a Porter, mais podemos destacar a Irish Red Ale. Lançada em agosto, trata-se de uma cerveja encorpada que combina maltes especiais e aromáticos, com uma bonita coloração avermelhada e médio amargor. Provamos e aprovamos!

 

Porter classuda

Ganhamos certificado no final

 

Depois de uma rápida passagem pela lojinha da cervejaria, aproveitamos para conhecer também o ZeHn Bier German Pub, anexo à fábrica. Um ambiente muito bonito e agradável, com ótimo atendimento. Aproveitamos para degustar mais uma Pilsen Extra e harmonizar com deliciosos mini hambúrgueres da casa. Aí foi só pegar o ônibus e dormir até Blumenau.

 

 

Next Stop: Timbó

Tiramos um dia também para visitar a cidade de Timbó, que fica a 30 km de Blumenau e é conhecida como a “Pérola do Vale”, devido a suas belezas naturais. São três cervejarias na cidade de cerca de 40 mil habitantes, mas escolhemos conhecer a Berghain.

 

 

A Berghain Cervejaria iniciou suas atividades em 2010, como cervejaria caseira, participando com grande destaque do Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau, nos anos de 2010 e 2011. A partir de 2014, a cervejaria mudou-se para a atual localização, e obteve o registro junto ao MAPA/SC para a fabricação e comercialização de cervejas e chopes. Berghain é uma homenagem à cidade de Berlim e aos bairros de KreutzBERG e FriedrichsHAIN, famoso reduto boêmio e símbolo da nova Alemanha.

Dessa vez fomos de táxi. Uma viagem bem rápida e tranquila. Chegamos na hora do almoço e fomos muito bem recebidos pelo Sidney. Ele nos mostrou as instalações. O local é bem aconchegante, com uma decoração que mistura elementos rústicos com modernos.

 

Dá para ver atrás a produção das cervejas

 

Aproveitamos para degustar alguns acepipes e um pretzel muito gostoso. Você acha que pretzel não harmoniza com cerveja? Então tem que conhecer a Bitter da Berghain. Ficou um espetáculo. Essa cerveja foi premiada no Festival Brasileiro da Cerveja de 2016. Tem um sabor predominantemente amargo, com notas de biscoito e caramelo que adicionam um dulçor que equilibra muito bem a cerveja.

 

Pretzel + Bitter = amor

 

A produção da Berghain é de cerca de 5 mil litros/mês, dividida entre os seguintes estilos: Pilsen, Hefe-Weiss e Bitter, disponíveis em barris ou garrafas de 600 ml não-pasteurizadas.

Uma dica importante: fique com um contato de táxi à mão porque a cidade não tem muitas opções de transporte público nem táxis, principalmente no final de semana, que foi o nosso caso.

 

Fim da linha

A viagem pelo Vale da Cerveja foi maravilhosa e recomendamos a todos, principalmente fora da época de Oktoberfest ou do Festival Brasileiro da Cerveja. As cervejarias ficam menos sobrecarregadas e você pode ser atendido com muito mais atenção. Enfim, visite Blumenau, visite Joinville, visite Pomerode, visite Gaspar, visite Brusque, visite Timbó, visite Santa Catarina!

 

 

Serviço:

 

ZeHn Bier

Rua Benjamin Constant, 26 – São Luiz – Brusque (SC)

Telefone: (47) 3351-6685

Site: www.zehnbier.com.br

Visitação com hora marcada: segunda a sexta, das 9h às 11h e das 13h30 às 17h. Sábado e domingo com agendamento.

 

Berghain

Rua Pomeranos, 1752 – Pomeranos – Timbó (SC)

Telefone: (47) 3382-0870 ou 9619-5755

Facebook: https://www.facebook.com/www.berghaincervejaria.com.br/

Tour cervejeiro: terça a sábado das 9h às 12h – mediante agendamento.

Atendimento ao público: terça a sexta das 14h às 22h, sábado das 10h às 18h e domingo das 14h às 18h.

 


Tags: , , , , , , , , ,


Posts relacionados:

Onde comer e beber em Bonito-MS? Dicas preciosas pra sua viagem ser inesquecível!

Amantes de viagens, boa comida e bebida por aí, saquem o caderninho de anotações! Aqui estão alguns dos restaurantes e cervejas que amei em Bonito.   Bonito me deixou completamente embasbacada! Pode ver por você mesmo os motivos nessa foto! O clima deu um show de boa vontade durante toda a minha estadia na cidade! Estava um […]

Bonito e Pantanal – O que levar na mala

Bonito é um lugar para estar sem agonia. É contemplação, admiração, preenchimento, respiro. Ao pisar ali, deixei o mundo fora e entrei só com a alma. Foram sete dias de aproveitamento absoluto da natureza em seu estado bruto.

200 anos de Nova Friburgo: por que os cervejeiros TÊM que conhecer a cidade?

Nova Friburgo, na região serrana do Estado do Rio de Janeiro, está na boca e na rota do povo cervejeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *