09/10/2017

Pomerode: visita à Cervejaria Schornstein e ao Empório Raiar

Nossa recente visita ao Vale Europeu, em Santa Catarina, teve um destaque que não poderíamos deixar de falar aqui no blog: Pomerode, conhecida como a cidade mais alemã do Brasil, e sua cultura cervejeira. A pequena e agradável cidade (cerca de 30 mil habitantes) fica a 33 km de Blumenau.

Colonizada por imigrantes vindos da Pomerânia (Pommern, em alemão), o município recebeu o nome de Pomerode a partir da junção de “Pommern” com o verbo alemão “roden”, que significa roçar, tornar a terra apta ao cultivo.

Os primeiros imigrantes dedicaram-se à agricultura de subsistência e à criação de gado leiteiro e suíno, com matrizes trazidas da Europa. A indústria chegou no início do século XX, com empresas familiares de laticínios, embutidos, móveis e porcelana.

Hoje, Pomerode conta com um parque industrial diversificado, com marcas de renome nacional e internacional em diversos segmentos. Mesmo com este perfil industrial, a cidade não perdeu seu charme rural, encantando turistas pela sua natureza, qualidade de vida e por preservar, com orgulho, as tradições, a língua e os costumes trazidos pelos imigrantes alemães no século XIX, como os jardins floridos, a gastronomia e as festas.

 

Cultura cervejeira

Um desses costumes trazidos pelos imigrantes alemães é a fabricação de cerveja de qualidade. Um exemplo disso é a Cervejaria Schornstein. Fundada em junho de 2006, a cervejaria está sediada em um prédio histórico e altamente representativo para Pomerode: o antigo mercado Weege. Ao lado da fábrica, o prédio que deu início à cervejaria abriga atualmente o Schornstein Kneipe – Bar Oficial – que se destaca por uma imponente chaminé de 30 metros de altura feita de tijolos maciços artesanais. Daí vem o nome Schornstein, que em alemão significa “chaminé”.

 

 

Conseguimos com a assessora de imprensa da cervejaria uma visita exclusiva à fábrica. Fomos muito bem recebidos pelo Gerente de Eventos, Marcos Küster. Ele nos mostrou todo o processo de produção, o envase de latas e garrafas, a preocupação com a higiene e a qualidade dos insumos utilizados, além de como é feita a distribuição dos produtos. A capacidade instalada atual permite a fabricação de 130 mil litros por mês, mas a cervejaria já tem espaço reservado para um futuro incremento nesse número.

 

A cervejaria usa apenas as cascas das laranjas na fabricação da cerveja. E as laranjas? Jamais são descartadas! Elas são usadas para fazer suco no bar da fábrica

 

 

No final da visita, ficamos um pouco no Armazém Schornstein, a loja oficial da marca que oferece todos os rótulos produzidos pela cervejaria e também uma linha de souvenirs ligados à cultura cervejeira, como kits de churrascos, geleias e patês, utensílios de bar, copos dos mais diversos estilos, placas, camisetas e almofadas.

 

 

Mas o que recomendamos mesmo são os pães feitos com alguns dos maltes utilizados na produção. Compramos o Pão de IPA que é simplesmente fantástico!

 

 

Empório Raiar

No caminho para a Schornstein, passamos por um empório que nos chamou a atenção por vender uma cerveja chamada Pomerode. Decidimos então que daríamos uma passadinha lá depois da visita à fábrica. E foi uma decisão muito acertada.

O Empório Raiar vende diversos itens decorativos em sua entrada, mas o que nos interessava fica mais para o final da loja. Diversos rótulos de cervejas e chopps artesanais regionais, que você dificilmente encontrará no eixo Rio-São Paulo. Um ótimo lugar para experimentar um universo de sabores.

Fomos muito bem atendidos pelo Jeff e pelo cervejeiro Diego, de apenas 28 anos, responsável pelas cervejas Pomerode. Um detalhe bacana é que as cervejas são produzidas apenas para consumo na própria cidade. De acordo com Diego, o objetivo é estimular o turismo cervejeiro em Pomerode.

 

 

Nos acomodamos no pequeno balcão do empório e começamos as degustações com o chopp pilsen Pomerode, bem leve e refrescante. Em seguida experimentamos uma IPA da Drei Herzen (Três Corações, em alemão), uma cervejaria do município de Papanduva (SC). A cerveja é produzida com malte de cevada plantado na fazenda de Johan Kothrade Chupel, atual proprietário da cervejaria e neto do fundador. Trata-se de uma IPA com aroma maltado e adocicado, com notas de mel, caramelo, biscoito e frutas secas. Possui um amargor picante e amadeirado e seu aroma cítrico lembra limão e maracujá.

 

 

Mas o melhor ainda estava por vir. O Jeff nos apresentou dois estilos que ainda não conhecíamos. Primeiro foi a Maré Gose, da cervejaria Itajahy. Trata-se de uma cerveja de estilo alemão quase extinto, da região do Rio Gaslar. Com 4,8% ABV e 10 IBU, é feita com trigo, sementes de coentro e fermentação acidificada. Uma cerveja clara, de cor dourada e com aromas frutados e condimentados. Levemente ácida e muito refrescante. Ganhou a medalha de Prata no Concurso Brasileiro de Cervejas deste ano em Blumenau.

 

 

Logo depois, Jeff tirou do refrigerador uma Big Coke com um líquido que parecia cerveja. Foi quando ele começou a nos explicar sobre a Spritzbier. Trazida ao Brasil pelos imigrantes alemães, a Spritzbier é uma bebida sem álcool e que se assemelha à cerveja e ao refrigerante por conta de sua fermentação e ingredientes como gengibre, abacaxi e limão. É uma boa alternativa aos refrigerantes por ser mais saudável e de baixo custo.

 

 

Como não poderíamos ter uma bebida sem álcool como saideira, pedimos a Hefe-Weizen da Zinke, outra cervejaria de Pomerode. Com 5,2% ABV e 14 IBU, é uma cerveja de trigo com os aromas clássicos de banana e cravo. Bem agradável.

 

Enfim, Pomerode é uma cidade que vale muito a pena visitar. E, se um dia estiver por lá, não deixe de conhecer a Schornstein e o Empório Raiar.

Ein Prosit! (Saúde! em alemão)

 

Serviço:

 

Schornstein

Rua Hermann Weege, 160 – Centro – Pomerode (SC)

Telefone: (47) 3387-6655

Site: www.schornstein.com.br

Facebook: /Cervejaria.Schornstein

 

 

Empório Raiar

Rua Paulo Zimmermann, 31 – Centro – Pomerode (SC)

Telefone: (47) 3380-4485 – 99145-4485

E-mail: emporioraiar@hotmail.com

Funcionamento: segunda a sexta das 9h às 19h, sábado das 8h30 às 18h e domingos e feriados das 10h às 18h.

Site: www.emporioraiar.com.br

Facebook: /empório-raiar

 

 

 

 


Tags: , , , , , , , ,


Posts relacionados:

Cardápio de esmaltes e cervejas para vegano nenhum botar defeito

Toda semana nós temos uma decisão importantíssima a ser tomada: qual esmalte usar? Entre tantas opções de cores disponíveis, só temos certeza da nossa indecisão. E depois de tomar o rumo pelo caminho dos vermelhos, azuis ou nudes, ainda ficam dúvidas: será que este é muito cintilante? Será que a tonalidade na unha ficará diferente […]

Trabalhador e Cerveja: uma relação desde os Jardins da Babilônia

Feriadão, é você? Já é fim de expediente e estamos apertando o botão do escapismo em 3,2,1! Na próxima terça-feira é comemorado o Dia do Trabalhador, e as cervejas e os trabalhadores têm uma relação muito próxima desde a antiguidade! Não sabia?

Terra do sorvete e do chocolate, Penedo se destaca na produção cervejeira

  Passamos quatro ótimos dias em Penedo, distrito de Itatiaia, na região Sul do Estado do Rio de Janeiro. Penedo é de colonização finlandesa, com a economia voltada para o turismo. E um dos setores que está bombando, fora os de sorvete e chocolate, é o de cervejas artesanais. Aproveitamos para conhecer algumas cervejarias de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *